segunda-feira, 25 de maio de 2009

Deixa-me mostrar umas coisas!

Pelo menos os fiéis, que ainda não desistiram de visitar esta "espécie de blogue" que não tem blogado nada, merecem que eu mostre algumas da imagens de que têm sido feitos os meus dias. Vou ver se ilustro bem a coisa:
Do tempo que me tem sobrado daqui:
E daqui:

Passo uma grande parte aqui:

Lendo e classificando pilhas de informação.
É claro que sempre vou tendo uns momentos de beleza, que registo com intenção de partilhar convosco:
Mas depois acontecem-me momentos com esta companhia:

Ou com esta:
Ou com as duas ao mesmo tempo:

E tenho que aproveitar, não é????
Fotos de: Cristal

10 comentários:

mdsol disse...

Bem! Estas desculpada sobretudo pelos dois motivos mostrados em último lugar!

Beijinhos
:))

Maria disse...

É, tens de aproveitar, sim!

Beijo

Justine disse...

Aproveitar e partilhar com quem não tem netos:))
(estou de "barriga cheia"...)

Tinta Azul disse...

Aproveitar sobretudo o que faz das duas últimas fotografias as mais bonitas.
Tão lindos!

BJS

Nocturna disse...

Absolutamente perdoada !
Com tão belos motivos,quem vai perder tempo frente a um computador ?
Aproveitar é mesmo o que se deve fazer .
Um abraço.
Nocturna

tinta permanente disse...

Não me parece certo o verbo: 'ter', não: 'dever', sim...

abraços!

tinta permanente disse...

Li tudo, de carreirinha como me ensinou, nas primeiras letras, a Irmâ Maria de Jesus, no Colégio do Minho, em Viana. Voltei a ler, outra vez, agora como declamasse ao jeito do Vilaret. E como não sou poeta, mas também acredito que as impossibilidades são possíveis, voltei a ler, com afeição tal, trocando tinta permanente por cristal...
Tudo de maravilhoso!

abraços!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Tenho pena que não blogue mais, mas as justificações que apresenta são inatacáveis..

mdsol disse...

Oh minhaaaaaaaaaaaaa
Faça favor de deixar os afins e de postar aqui. Façomentender?
beijinhos
:))

leprechaun disse...

Ainda estudante... e com mais idade do que eu?!?!? ;)

Pois cá por mim, nunca senti grande apetência por esse saber organizado... doutos cursos superiores de mil matizes e cores! :)

De certa forma, sou um autodidacta e cocabichinhos insaciavelmente curioso... ah! e demoniacamente palavroso! :D

E qual é esse curso, afinal? Aquilo com que ganho justamente os meus tostões tem a ver com serviços na área de tradução e revisão de textos. A maior parte do que faço é para universitários... monografias, teses, recensões críticas e afins.

Logo, ainda formamos uma parceria de sábios, querem ver? Ou melhor, a douta Cristal e o pateta Gnominho...

Rui leprechaun

(...e mai-lo o par de netinhos! :))